quarta-feira, 11 de novembro de 2009

"FALANDO DE AMOR"

Deixa eu te falar do meu amor...
Ele é vivo e quente como o sol
Forte e tempestuoso como o mar
Em noites sombrias é luz divina do farol

Ele tem a fome do querer
Anda faminto de prazer
Traz a boca e a garganta seca
Querendo saciar a sede de você

Traz com ele os mistérios e segredos
De noites desérticas da paixão
Por medo quase caindo dos rochedos
Tateando no escuro à procura da tua mão

Ao pressentir tua chegada
Se enfeitou com rosas e lírios
Se vestiu de sonhos loucos
E declamou versos de amor em delírios

Se não acreditas, ainda assim quero falar
Podes esquecer do tempo, de tudo que viveu
Do céu e das estrêlas do mar
Mas não duvides nunca deste amor que é todo teu.

Um comentário:

  1. Bom Dia minha amiga!
    Tem um lindo selo te esperando. Venha descobrir onde ele está. Olha está em dois lugares.
    Venha achar o mapa do tesouro.
    Te espero, será um grande prazer compartilhar com vc.
    Não esqueça.
    Com muito carinho
    Sandra

    ResponderExcluir